Eu Recomendo: Um Amor Para Recordar – Nicholas Sparks

   Esses dias vi a Bruna Shedler, minha colega, lendo o livro e roubei dela por uns minutos para ler algumas páginas. Vou confessar que nunca gostei de ler, mas esse livro me interessou não só por falar de amor, mas também porque eu sou louca por histórias de romance.

    Sempre acabava parando no meio da leitura pra olhar a capa. Não me pergunte o por quê, mas a capa me dava uma certa emoção e ao mesmo tempo tristeza.

   Vai dizer que você nunca quis viver uma daquelas histórias de amor de filmes? Eu imagino isso todos os dias.. Como deve ser viver em um mundo fechado só entre duas pessoas, onde tudo o que importa é estar junto do outro 24 horas por dia, onde cada gesto pode surpreender cada vez mais.. Ainda acredito que um dia eu possa viver uma história assim..

   Várias pessoas que leram o livro me disseram que choraram no final, até o próprio livro no início conta, mas não acreditei muito em como uma história de livro poderia me fazer chorar.. Acabou que eu chorei tanto que tive que parar de ler porque meus olhos estavam tão cheios de lágrimas que eu não conseguia mais enxergar. Eu recomendo esse livro simplesmente por ser o primeiro que me fez querer terminar de lê-lo, pela história ser tão comovente que eu não conseguia parar de ler e por nos trazer muitas lições de vida.

   “Há momentos e que desejo fazer o tempo voltar e apagar toda a tristeza, mas eu tenho a sensação de que, se o fizesse, também apagaria a alegria. Assim, revivo as memórias da forma como vêm, aceitando todas elas, deixando que me guiem sempre que possível. Isso acontece com mais frequência do que as pessoas percebem..

 Quando eu tinha 17 anos, minha vida mudou para sempre.. Estou com 57, mas ainda me lembro de tudo o que aconteceu naquele período, em seus mínimos detalhes. Sempre o revivo em minha mente, trazendo-o de volta à vida, e sinto uma estranha combinação de tristeza e alegria quando o faço.

 Esta é a minha história – e prometo contar tudo.

 No início você vai sorrir e, depois vai chorar- não diga que não avisei”

   Acho que o que mais me emocionou foi o fato do personagem principal ser um homem, e os sentimentos que ele expressa nem sempre são tão facilmente demonstrados por qualquer homem e, não sei você, mas acho que um homem com atitudes como esse personagem são merecedores de um amor incondicional que existem em cada uma de nós mulheres.

  

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s